Fatores Chave ETIAS2018-10-16T22:24:44+00:00

Fatores Chave ETIAS

Fatores Chave ETIAS

SISTEMA DE INFORMAÇÃO E AUTORIZAÇÃO DE VIAGEM DA UE

O que é etias?

A Comissão Europeia irá mostrar os resultados dos estudos de viabilidade do ETIAS em Outubro de 2016, com previsão de propor a legislação em Novembro de 2016 para criação do programa ETIAS.

ETIAS e o mundo

As negociações das propostas estão acontecendo e a Comissão Europeia pretende apresentar a proposta legislativa para estabelecer o ETIAS.
Se a proposta for aprovada, o sistema ETIAS é esperado para entrar em operação em 2020.
Visitantes da UE da América, Canadá, Austrália, Nova Zelândia, junto com outros cinquenta (50) países, que não requerem o visto Schengen terão que requerir o ETIAS para visitar a Europa a partir de 2020.

ETIAS em números

Em 2014, a Comissão Europeia estimou 30 milhões de visitantes vindos de países sem requerimento de visto entrarão na região Schengen. Em 2015, 602 milhões de turistas foram à Europa.

Visitantes em 2020 – 39 milhões de visitantes
Em 2020, estima-se que o número de visitantes sem requerer um visto Schengen suba para 39 milhões.

Receita projetada – 2 bilhões de anos
Se o preço do ETIAS for 50 Euros, ele poderá trazer aproximadamente 2 bilhões de Euros por ano em receita, para os países membros da UE distribuírem.

Por que ETIAS?

Segurança
Atualmente, apenas informações do portador do visto são compartilhadas no Sistema de Informação do Visto (VIS).
De forma semelhante, O Sistema de Informação Schengen (SIS) compartilha informações de alerta, para cidadãos de interesse específicos.
ETIAS irá criar uma central de banco de dados sobre não Europeus na área de Schengen.

Dinheiro
Os recentes cortes de gastos da UE criaram a necessidade de receitas vindas de outras fontes para a União Europeia.
O atual corte da UE de 145 bilhões de Euros representa um corte profundo. O ETIAS pode adicionar 2 bilhões de Euros em receita para contribuir com o orçamento da UE.

Quem mais está fazendo isso?

Outros países com vistos eletrônicos ou programas de isenção de vistos incluindo EUA (ESTA), Canada (eTA), Austrália (eTA), India (eVisa) e Turquia (eVisa).